dicas para contratar empregada doméstica

Dicas para contratar uma empregada doméstica

1 de agosto de 2018

Para muitas pessoas, contratar uma empregada doméstica não é sinônimo de status, mas uma necessidade. Afinal, uma vida agitada no trabalho inevitavelmente exige apoio nas rotinas do lar.

Nesse sentido, admitir uma colaboradora não é uma tarefa fácil e requer ainda mais cuidados quando essa esta convive diariamente com a sua família.

Pensando nisso, preparamos este post para auxiliar você nessa jornada. Montamos aqui um roteiro básico com os principais aspectos que você deve analisar antes de fazer a contratação.

Acompanhe nosso artigo e saiba mais!

Busque por referências

É preciso ter muito cuidado na hora de contratar uma empregada doméstica. Afinal, a colaboradora ocupará um espaço significativo em sua casa. Além de ter acesso a todos os lugares, ela será um apoio no cuidado dos seus filhos e dos familiares que moram com você.

Assim, buscar referências é essencial para fazer a contratação. Deixe que as pessoas que convivem com você saibam da sua busca por uma profissional desse ramo. Converse com seus amigos, familiares ou procure empresas especializadas nesse tipo recrutamento.

Após selecionar as melhores candidatas de acordo com as indicações, é hora de consultar os patrões anteriores. Converse com os antigos contratantes e ouça o que eles têm a dizer a respeito da ex-funcionária. O ideal é que a candidata tenha, em média, três telefones para a consulta de referência.

Esse processo exige cautela. Muitas pessoas trabalharam para uma mesma família durante muito tempo e passam o telefone de familiares e amigos para completar as exigências da entrevista. Seja maleável e saiba conduzir a conversa para não prejudicar a seleção.

Conheça o perfil da profissional

A empregada doméstica também é uma boa cozinheira? Passa a roupa como ninguém? Ela é extrovertida ou discreta? Conhecer o perfil da profissional é um ponto de muita relevância para o sucesso da relação entre vocês.

Não foque apenas na idoneidade da pessoa. Procure sempre saber mais sobre as características pessoais e no trabalho, pois esses pontos são cruciais para um bom relacionamento.

Dito isso, não exagere na busca pela perfeição! Todos temos defeitos e você terá que estabelecer uma ordem de prioridades na execução dos serviços.

Você pode, por exemplo, definir as principais características que procura para, a partir daí, elaborar um roteiro de entrevista com a candidata e com as pessoas listadas como referências.

Avalie habilidades

Após entrevistar as candidatas e colher referências, chegou a hora de avaliar os serviços da pessoa escolhida.

Utilize o contrato de experiência, que pode ser de 30 dias prorrogáveis por mais 30 ou 60 dias, e peça para que ela realize os serviços envolvidos na rotina, e avalie os resultados.

Perceba como ela lava, passa, limpa, cozinha, trata sua família e seus animais de estimação. Verifique o quanto de produto usa em cada tarefa de limpeza e na preparação dos alimentos.

Veja se o trabalho flui de acordo com o que você espera e se não há desperdício de água, produtos ou ingredientes.

Caso fique satisfeita, prorrogue o contrato de experiência. Mas lembre-se que mesmo o período de experiência só pode ser feito com a Carteira de Trabalho devidamente assinada.

Na dúvida procure ajuda de profissionais especializados para realizar a contratação de acordo com a lei e evite complicações com a Justiça do Trabalho.

Saiba a diferença entre diarista e doméstica

É importante saber a diferença entre ter uma funcionária e uma diarista.

As diaristas são trabalhadoras autônomas e exercem a atividade profissional por conta própria. O exercício é remunerado por “diárias” de até duas vezes por semana, no máximo, e não possui vínculo empregatício com o patrão.

As empregadas domésticas, por sua vez, trabalham mais de duas vezes por semana. O serviço pode ser prestado a um indivíduo, uma família ou um grupo de pessoas como moradores de uma república.

Vale lembrar que as empregadas domésticas possuem uma série de direitos trabalhistas garantidos, o quais são geridos atualmente dentro do eSocial.

Como todo empregado regidos pela CLT, elas devem cumprir todas as exigências estabelecidas na contratação.

Se você está convencida de que a opção mais adequada para a sua rotina é contratar uma empregada doméstica, saiba agora quais são os custos para manter essa colaboradora e planeje seu orçamento adequadamente. Até a próxima!